quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Ídolos Corinthianos - Luizinho Pequeno Polegar

Luiz Trochillo, o Luizinho, o Pequeno Polegar, 1,64 de altura e pura mágia. Porém, dentro de campo, ele era um gigante. Era abusado, valente, driblador,extremamente habilidoso e abusado, costumava provocar os adversários, chamando-os para dribles. Além disso, era fanático pelo clube, o que o tornou uma das figuras mais queridas da história alvinegra. 
O motivo para ser amado: gostava de dar espetáculo. Diz a lenda que ele, em um jogo contra o Palmeiras, deu um drible tão desconcertante no argentino Luiz Villa, que este caiu no chão. Então, Luizinho sentou-se na bola e o esperou lo adversário evantar para, aí sim, prosseguir com a jogada. 
Era o clássico meia-direita. Era atração nas partidas dos aspirantes, que fazia muitos torcedores chegarem mais cedo ao Estádio do Pacaembu para vê-lo jogar.
Luizinho teve a glória é ter feito o gol do empate de 1 x 1 contra o Palmeiras na partida final do Campeonato Paulista de 1954, que garantiu ao Corinthians o Título do IV Centenário.
Foi homenageado em vida com um busto no clube, que está lá até hoje. Morto em 1998, ele voltou a viver a emoção de jogar pelo Corinthians em 1996, no dia 25 de janeiro, quando entrou em campo aos 65 anos no amistoso contra o Coritiba.
Além disso, Luizinho chegou a ser técnico corintiano em algumas ocasiões. Como mostra o "Almanaque do Corinthians", de Celso Dario Unzelte, Luizinho dirigiu o alvinegro em 32 partidas (12 vitórias, 12 empates e 8 derrotas).
Obrigado Pequeno Polegar Luizinho!No dia 17 de janeiro de 1998, na capital paulista, Luizinho morreu. E o Corinthians naquela data perdia um dos seus maiores ídolos em todos os tempos. O pequeno, carismático e craque Luizinho é sem dúvida nenhuma um dos jogadores mais queridos da torcida alvinegra. 



Nome: Luiz Trochillo
Nascimento: 07 / 03 / 1930
São Paulo - SP
Posição: Meia-direita
Período em que jogou no Corinthians:
de 1948 à 1960 e de 1964 à 1967
Jogos: 604
Gols: 175



Títulos 

Torneio Rio-São Paulo 1950
Torneio Rio-São Paulo 1953
Torneio Rio-São Paulo 1954


Homenagem ao  eterno Luizinho Polegar 1ª Parte
video



Homenagem ao  eterno Luizinho Polegar 2ª Parte
video


Homenagem ao  eterno Luizinho Polegar 3ª Parte
video


 Homenagem ao  eterno Luizinho Polegar 4ª Parte
video


Homenagem ao  eterno Luizinho Polegar 5ª Parte
video





Um comentário:

  1. Este senhor honrou tanto a camisa corinthiana, que acabou se apaixonando por ela.

    ResponderExcluir