sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Ídolos Corinthianos - Sócrates

Sócrates Brasileiro Sampaio de Souza Vieira de Oliveira, ou simplismente Doutor Sócrates viveu tão intensamente sua passagem gloriosa pelo Corinthians que não sabe dizer quais foram seus melhores momentos no Timão. "Todos os momentos de Corinthians são absolutamente especiais, até os treinos", garante o jogador que, santista quando criança e ídolo do Botafogo de Ribeirão Preto no início da carreira, foi contagiado pelo amor da Fiel e se tornou um Corintiano fanático. "A relação afetiva entre o time e a torcida é muito mais profunda que nos outros clubes, é mística", garante. Jogador de grande habilidade, conhecido pela facilidade para passar e até marcar gols de calcanhar, Sócrates ficou seis anos no Corinthians. 
Para ele, o momento mais marcante de sua passagem pelo clube foi a experiência da Democracia Corintiana, que tentou mudar o relacionamento entre jogadores e dirigentes. "Era ótimo, formávamos uma bela família." Pela revolução proposta por Sócrates, os jogadores ganharam mais liberdade com responsabilidade. O Magrão lembra com carinho o fato de ter conquistado três títulos paulistas 79, 82 e 83 e de ter marcado um gol em cada jogo das semifinais e finais do Paulistão de 83. 
video


Seu maior orgulho, porém, foi ter disputado a Copa do Mundo de 82 como único jogador do Timão e capitão das feras de Telê Santana. "Fui uma espécie de embaixador do Corinthians", acredita. Para ele, sua melhor característica dentro de campo foi a capacidade de utilizar sua "sensibilidade psicológica" em relação ao próprio time, ao adversário e à torcida, "coisa que ninguém faz".
Gols do Dr. Sócrates ou simplismente Magrão
video

Nome: Sócrates Brasileiro Sampaio de Souza Vieira de Oliveira
Nascimento: 19 / 02 / 1954
Belém - PA
Posição: Meia-direita
Período em que jogou no Corinthians:
de 1978 à 1984
Jogos: 298
Gols: 172




Títulos:


Campeão Paulista de 1979
Campeão Paulista de 1982
Campeão Paulista de 1983


Nenhum comentário:

Postar um comentário