sexta-feira, 20 de maio de 2011

Ídolos Corinthianos - Edílson

Edílson começou a carreira profissional no Industrial de Santa Maria de Jetibá-ES em 1987, passando por Tanabi, Guarani e Palmeiras, até se transferir ao exterior, defendendo o Benfica de Portugal em 1995 e o Kashiwa Reysol do Japão. Voltou ao Brasil em 1997 para o Corinthians.  Capetinha como ficou conhecido, 1,68 m de pura habilidade, raça e provocação, que o digam os palmerenses, que queriam pegá-lo na final do Campeonato Paulista de 1999, depois do capetinha fazer o gol de empate aos 30 minutos do segundo tempo, ele parou no meio do campo sozinho e começou a fazer embaixadinha com a bola, confusão generalizada  o jogo foi interrompido pelo arbitro Paulo Cesar de Oliveira, e festa Corinthiana no Morumbi. 
EDÍLSON PROVOCANDO O PALMEIRAS
video
Em 2000 antes do jogo da semi-final do Mundial de Clube, o capetinha disse que achava o Christian Karembeu zagueiro do Real Madrid não deveria jogar num time grande porque ele achava o francês muito ruim , o Presidente do Espanhol, Lorenzo Sanz ignorou o fato que o Capetinha Edílson estava sendo o melhor jogador do mundial, e disse, não conheço esse jogador e acho que ele teria que nascer de novo para chegar perto do futebol de Karembeu, questionado sobre o assunto o zagueiro francês respondeu não vou ter problemas para marcalo. Provocações respondidas, era tudo que o capetinha queria, e ele profetizou vou passar a bola por debaixo das pernas do zagueiro Karembeu, do Real. E fez, ainda melhor com requinte de crueldade, 14 de janeiro de 2000, Edílson recebe belo lançamento de Ricardinho pela lado direito do campo, e parte em velocidade para cima do  zagueiro, colocou a bola entre as pernas do Karembeu e soltou uma bomba de direita fazendo um golaço. No fim da partida o capetinha disse agora eles me conhecem risos. 
MUITO PRAZER EU SOU O EDILSON
video
No mesmo ano após a eliminação da Libertadores, em 2000, para o rival palmeiras, num protesto no Parque São Jorge a torcida encurralou os jogadores no vestiário e tentou agredir alguns deles, Edílson se sentiu muito precionado e deixou o clube.
Saída lamentável de um jogador espetacular que ajudou o Timão a conquistar muitos títulos.

Nome: Edílson da Silva Ferreira
Nascimento: 17 / 09 /1971
Salvador - BA
Posição: Meia e atacante
Período em que jogou no Corinthians:
de 1997 à 2000
Jogos: 164
Gols: 55




Títulos:

Campeão Brasileiro de 1998
Campeão Paulista de 1999
Campeão Brasileiro de 1999
Campeão Mundial de Clubes de 2000

Nenhum comentário:

Postar um comentário