segunda-feira, 20 de junho de 2011

Campeão Paulista de 2003

Em outra formula mirabolante o Campeonato Paulista de 2003 teve o seguinte regulamento. Na Primeira Fase as 21 equipes são divididas em 3 grupos de 7. Todas as equipes jogam contra todas dentro dos seus grupos, em turno único. Classificam-se para a segunda fase ("mata-matas") os dois primeiros colocados de cada grupo, além de outros dois clubes, por índice técnico. Os 4 últimos colocados de cada grupo participarão de um "torneio da morte", onde os 4 piores são rebaixados para a Série A-2. A Segunda Fase ("quartas-de-final") foi disputada em partida única, com mando de campo e vantagem do empate pertencente à equipe de melhor campanha. As fases semifinais e finais foram disputadas em jogos de ida e volta, tendo a equipe de melhor campanha a vantagem de 2 resultados iguais. O Corinthians termina a primeira fase como segundo no grupo 3 e pega o líder do grupo 1 nas quartas de finais. SEGUNDA FASE Rodada Única 26/02/2003, o Corinthians vence o União Barbarense por 2x1 e segue para a semifinal, agora contra o arqui-rival palmeiras. TERCEIRA FASE - A semi-final contra o palmeiras foi decidida em dois jogos Jogo de ida quarta feira dia 05/03/2003, o Palmeiras chegou ao confronto contra o Timão depois de ter vencido o temido São caetano, começou muito bem e terminou a primeira etapa vencendo por 2 a 0. Mas o Corinthians em uma reação fantástica busca o empate com gols de Anderson e Liédson e só não virou o jogo por causa da ótima atuação do goleiro Marcos que segurou o empate para a equipe verde. 
video
Mas três dias depois foi diferente dia  08/03/2003 partida de volta, os corintianos estavam confiantes, sentia que o Corinthians tinha uma equipe muito superior ao Palmeiras. E não deu outra: com uma atuação perfeita do atacante Gil, o Timão atropelou, 16 minutos  foi o tempo que o  time do povo levou para conquistar a vaga na grande final, a primeira etapa terminou 4 a 1 (dois gols de Gil, um de Liédson e outro de Rogério). No segundo tempo, O Timão puxou o freio, tomou mais um gol. Placar final: 4 a 2, 
video
O São Paulo seria o adversário da final, na primeira partida, disputada no dia 16 de março no Morumbi  foi muito emocionante. o lateral corinthiano Rogério, abriu o placar em uma cobrança de pênalti. Luis Fabiano empatou quatro minutos depois. Na segunda etapa, mais emoção: Fábio Luciano faz para o Timão, mas Reinaldo empata novamente para o São Paulo. O jogo estava se encaminhando para o fim, quando, aos 40 minutos, Gil recebe a bola e chuta pra o gol, marcando um golaço, que garante a vitória alvinegra. Agora, bastava um empate na segunda partida. Porém, na semana que antecedeu a grande decisão, surgiu uma grande polêmica em torno do regulamento. O São Paulo dizia que seria campeão se ganhasse por um ou mais gols de diferença. E o Corinthians afirmava que se perdesse por um gol de diferença, daria a volta olímpica. Isso, graças a um regulamento mal feito, que deixou uma margem de dúvida, apesar da imprensa toda dizer que não tinha a mínima dúvida: a vantagem era do Timão. Conversa vai, conversa vem, ficou decidido que, caso o são Paulo ganhasse o jogo por um gol de diferença, nenhum time poderia comemorar p título, pois iria aguardar decisão posterior da justiça.
video
Nesse clima de tensão, os dois times entraram no Morumbi no dia 22 de março, para decidir o campeonato. O clima era tão tenso que, logo aos dois minutos de jogo, em uma confusão generalizada, o o árbitro expulsou Kléber, do Corinthians e Reinaldo, do São Paulo. Mais calmos, os dois times começaram a jogar futebol. Aos 29 minutos, Liédosn recebe de Gil e enche o pé: 1 a 0. No fim do primeiro tempo, Liédson ganha uma bola na linha de fundo e toca para Jorge Wagner marcar o segundo do Timão. O título estava garantido. Ou não...
O São Paulo volta com tudo no segundo tempo e aos 17 minutos já tinha empatado o jogo. A parte alvinegra do estádio fica apreensiva , o jogo se arasta o São Paulo não pressionou mais como no início e o jogo volta a ficar equilibrado. Aos 43 minutos, com a Fiel já começando a comemorar o empate que garantia o título, , Vampeta cruza para a área, Liédson, de cabeça, toca para Jorge Wagner fazer o gol do título, festa corinthiana no Morumbi.
video




Campanha do Paulista de 2003
Jogos: 11
Vitórias: 8
Empates: 2
Derrotas: 1
Gols pró:: 26
Gols contras: 16

Nenhum comentário:

Postar um comentário